sexta-feira, 3 de abril de 2009

O 1º hipódromo de Macau

Anúncio publicado em 1930
Nasceu nos primeiros anos do século XX ao longo da Estrada Ferreira do Amaral a caminho das Portas do Cerco. Mas já antes (ca. 1798), os ingleses cavalgavam ao longo da extensa praia que havia, em território chinês, a curta distância da Porta do Cerco. Isto era algo que não agradava aos chineses já que a pouca distância situava-se um cemitério. Assim, em 1829, o mandarim da Casa Branca publicou um edital proibindo os passeios a cavalo. Anos mais tarde, cerca de 1838 surge o Macau Race Club na Areia Preta. Os ingleses ainda não tinham tomado Hong Kong (1841) e foi em Macau que o Jockey Club de Hong Kong realizou a primeira corrida. (o hipódromo de HK surgiu em 1846).
Em 1927 é inaugurado o hipódromo das Portas do Cerco. Os cavalos vinham da Austrália. Em dias de corrida as multidões ocorriam ao local e muitos vinham de Hong Kong. Os vapores de carreira, que ligavam os dois territórios, chegavam sempre lotados. E aí surgiu outro problema. Macau não tinha hotéis para albergar tanta gente. Surge então o Macau Hotel na Praia Grande - renovado em 1924 passou a chamar-se The New Macao Hotel (ver outro post)... e já havia o Bela Vista. Nos anos 30 pensou-se transformar aquela área num aeródromo - foi ali que aterrou às 16h30 de 19 de Março de 1934 o tenente aviador Humberto da Cruz, vindo de Dili - mas as experiência feitas não foram positivas. O Macau Jockey Club acabou por encerrar em 1941, poucos dias após o início da Guerra do Pacífico quando Macau foi 'invadido' por milhares de refugiados de Hong Kong e da China. O recinto serviu para os refugiados contruirem as suas casas em madeira em plena relva. Ao lado cultivaram hortas para sustento. Ainda voltou a funcionar depois da guerra mas acabou por se mudar para a ilha da Taipa... onde ainda hoje se mantém.

Sem comentários:

Publicar um comentário