quarta-feira, 22 de abril de 2009

As ilhas (para além da Taipa e Coloane)

ilhas no delta do rio das pérolas junto a Macau

Quando se fala de Macau e ilhas a maioria das pessoas fala logo em Taipa e Coloane, mas anos houve em que o domínio português de estendeu a, pelo menos, mais 6 pequenas ilhas...
Lapa, Bugios, Dom João, Montanha e Zhongshan: ilhas habitadas por pequenas populações chinesas muito próximas da península de Macau... e a ilha Verde, muito junto a Macau e que no início do século XX foi 'anexada' com os aterros realizados.
Segundos alguns registos históricos, a presença portuguesa na ilha da Lapa data dos finais do séc. XVII quando um grupo de missionários se estabeleceu nesta ilha chinesa.
Durante o séc. XIX, missionários portugueses começaram também a povoar e a evangelizar as outras duas ilhas. O Governo de Macau começou também a recolher impostos às populações destas ilhas em troca de protecção (não eram protegidas por soldados chineses). Os portugueses construiram uma leprosaria (estabelecimento para tratar dos leprosos) e um posto de polícia na ilha de D. João e também algumas escolas para educar os poucos chineses residentes nestas ilhas.
Seguida da invasão do Japão pela China, os portugueses, em 1938, ocuparam oficialmente as ilhas da Lapa, Montanha e D. João com pretexto de proteger melhor os portugueses e os missionários aí residentes.
Em 1941, o exército japonês conseguiu ameaçar as tropas portuguesas a abandonar aquelas ilhas pouco povoadas. Consequentemente, estas ilhas foram ocupadas por japoneses. No final da Segunda Guerra Mundial, Portugal abandonou definitivamente as ilhas de forma gradual... ficando somente com Taipa e Coloane.

Sem comentários:

Publicar um comentário