domingo, 27 de setembro de 2009

Gov. José Carlos da Maia (1914-1916)

Nasce em Olhão em 16-03-1878. Aos 19 anos ingressa na Escola Naval, 1897, e em 1900 é promovido a guarda marinha , navegando entre Angola , S. Tomé e Cabo Verde, até à passagem a 2º ten. sendo destacado para a canhoneira Diu e depois para o cruzador Vasco da Gama estacionados em Macau, regressando ao reino em 1905 , voltando ao Oriente para a canhoneira "Rio Lima" , após a sua especialização em Oficial Torpedeiro.
Em 1907 ingressa na maçonaria. Na madrugada de 4 de Outubro de 1910 assaltou, com os camaradas Ladislau Parreira e Sousa Dias, e inúmeros civis , o quartel de marinheiros e intimou o Almirante Pereira Viana a render-se, o que não aconteceu porque este brilhante Oficial defendeu-se a tiro , acabando ferido. Tomado o quartel foi assaltar o cruzador "D. Carlos", comandado pelo cap.m.g. Álvaro Ferreira , que também se defendeu a tiro.
A 18 de novembro de 1910 é promovido a Capitão-Tenente por distinção. Comandou o S. Gabriel e foi capitão de porto de Portimão.
A 10 de Junho de 1914 é nomeado Governador de Macau, sendo exonerado em Setembro de 1916. Passado um ano é promovido a Cap.Fragata e, apoiando Sidónio Pais, é nomeado Comandante da Divisão Naval e vê anulado o despacho da sua exoneração do governo de Macau(!). É nomeado Presidente da Câmara Municipal de Lisboa , substituindo o seu camarada, e futuro 1º Ministro , Alfredo Rodrigues Gaspar.
Assim chega a Ministro, o que dura 6 meses. Em 23 de Janeiro de 1919 tem um importante papel na coordenação das forças republicanas contra a revolta monárquica em Monsanto. Tomou conta ainda da pasta das colónias(27-01-1919/21-03-1919) , antecedendo João Lopes Soares (Pai do Dr. Mário Soares).
Em 19 de Outubro de 1921 (noite sangrenta) é brutalmente assassinado ( igualmente o foi Machado Santos) , quando já se encontrava totalmente fora da política activa.
Assumiu o cargo de governador de Macau a 10 de Junho de 1914 (na imagem à chegada a Hong Kong).

Sem comentários:

Publicar um comentário