terça-feira, 12 de maio de 2009

Hotel Sanatório Boa Vista: década 1920

Postal da série Colónias Portuguesas - década de 1920

A criação de um sanatório em Macau remonta a 1901. Foi o governador Horta e Costa que planeou um hospital sanatório para convalescença de doentes que procurassem a acção benéfica do clima de Macau; hospital que seria dotado de instalações de hidroterapia e que ficaria situado na vertente sul da colina da Penha, nos terrenos situados entre o Hotel da Boa Vista e a Barra. Para isso, por Portaria de 12-11­-1901, declara de utilidade pública a expropriação de todos esses terrenos e determina que a Santa Casa de Misericórdia instale logo a suas expensas, no Hotel de Boa Vista, um sanatório para nacionais e estrangeiros. Infelizmente a retirada, dois meses depois, do Governador Horta e Costa fez com que tão grandioso projecto não se realizasse.
Em 1909 o tema regressa. "O estabelecimento d.um sanatorio popular em Macau impõe-se como um dever. Macau, que tem ás ordens da morte uma legião enorme de tuberculosos, não tem sequer uma enfermaria propria para receber alguns, os curaveis.
Há ahí dois locaes que reunem excellentes condições para o estabelecimento de um sanatorio - a encosta da collinas da Guia, sobranceira á Avenida Vasco da Gama, ou a Villa Branca, na encosta SO da collina de S. Jeronymo. Fóra das agglomerações, sem poeiras, sem o fumo das industrias, teem uma accentuada serenidade atmospherica, ficam fóra da zona dos raros nevoeiros, teem demorada e intensa insolação e optimas condições telluricas.
O solo, em declive, é permeavel e secco. Expostas uma a O e a outra a SO, ficam ambas ao abrigo dos ventos dominantes, que sopram de Na S por L.
O arrefecimento provocado pelo vento forte, exerce uma acção nociva mais accentuada talvez do que a que se pretende imputar á hunidade atmospherica. O vento leva ao maximo a acção do ar secco ou do ar humido. Aos tuberculosos augmenta a tosse, a difficuldade de expectoração, a frequencia respiratoria, a frequencia do pulso, as hemoptyses e até a insomnia.
Arborisadas ambas as encostas, o seu ar é beneficiado, sobretudo na Guia, pela sua filtração atravéz das francas dos pinheiros, pelo poder curativo das emanações resinosas, pela acção bactericida do ozone, e pela grande copia de substancias radioactivas; e a arborização reflectindo os ventos, a acção destes é diminuta ou mesmo abolida, e as oscillações thermicas mais uniformes e menos sensíveis. Um sanatorio, pois, assenta alli bem."



Postal publicitário da década de 1920 do hotel Boa Vista.

Só tenho parte da imagem. Mas do que pesquisei posso acrescentar que... Na parte da frente uma fotografia do hotel e um texto: "com uma localização ideal, moderno, recentemente remodelado e sob nova gerência. Amplos e confortáveis quartos, cozinha excelente sob supervisão europeia, mesas separadas, banhos quentes e frios e electricidade. O único sanatório do Sul da China. Acomodações de 1ª classe para famílias e turistas". No verso do postal, estão os horários dos vapores de Macau para Cantão, com os respectivos preços. 4 patacas em 1ª classe. A única frase que tem tradução para mandarim/chinês é esta: "entregue isto ao condutor do riquexó".

Sem comentários:

Publicar um comentário