domingo, 17 de maio de 2009

Festival de Música em 1963 e anos seguintes

Grey Coats (ainda sem os casacos cinzentos)
e no Clube de Macau em 1964

Cartazes do festival em 1963 e 1964
Grey Coats

Os Grey Coats foram os vencedores do 1º Festival Musical de Macau que se realizou no território em Dezembro de 1963. Em Portugal a revista de tv e espectáculos Plateia noticiou o evento em Janeiro de 1964.
Patrocinado pelo Centro de Informação e Turismo de Macau, o festival teve lugar no Teatro Cheng Peng perante mais de 2.500 pessoas. O festival foi dividido em 2 dias. O primeiro foi num sábado chuvoso do dia 9 de Novembro de 1963 e o segundo, no dia seguinte, também com lotação esgotada.
Formados por Leonardo Amarante, Diamantino Pereira, Jackie Mahomed e António Lopes, estes três últimos macaenses, os Grey Coats interpretaram "Savage", "Mariquita", "México" e "Perfídia". Segundo a Plateia, a actuação dos Grey Coats foi "extraordinariamente aplaudida pelos impressionantes movimentos enquanto exibiam as suas músicas". O segundo lugar foi para Mário Tomaz e o seu Conjunto ("La Novia", "Tarantela", "Picolissima Serenata" e "Adeus Velha Lisboa" e o último lugar do podium foi para os Lovers ("Guitar Boogie", "The Twist", "Taquilla" e "The Guitar Twist".
Na edição de 1964 os vencedores foram The Grey Coats, seguidos de The Colourful Diamonds, Mário Tomaz e o seu conjunto, Les Quatre de Liz, The Strangers e The Teicos.
Alguns anos mais tarde os Thunders fariam furos (ver outro post sobre o tema)
Grey Coats
Bilhete do festival em 1966: a entrada custava 3 euros
Aspecto do festival em 1966 Thunders em 1968 e em 1971(em baixo) no Hotel Estoril

Sem comentários:

Publicar um comentário