sexta-feira, 24 de março de 2017

Ian Fleming e o Central hotel


"(...) 1928 when the nine-story-high Central Hotel, the largest house of gambling and self indulgence in the world, was constructed . It is a nine-story skyscraper, by far the largest building in Macao, and it is devoted solely to the human vices. It has one more original feature. The higher up the building you go, the more beautiful and expensive are the girls, the higher the stakes at the gambling-tables, and the better the music. Thus on the ground floor the honest coolie can choose a girl of his own class and gamble for pennies by lowering his bet on a fishing rod contraption through a hole in the floor on to the gaming-tables below. Those with longer pocket can progress upwards through various heavens until they reach the earthly paradise on the sixth floor. Above this are the bedrooms."
O excerto é retirado do livro de Ian Fleming (1908-1964) intitulado "Thrilling Cities" e editado pela primeira vez em 1963.
Na obra do criador de James Bond estão 13 artigos ilustrados sobre outras tantas cidades que ele visitou (seis na europa e sete no resto do mundo, incluindo Macau) publicados primeiramente no jornal Sunday Times entre 1959 e 1960.
O que o autor - que voltaria a inspirar-se em Macau para a saga de James Bond - não refere é que quando foi inaugurado, em Julho de 1928, este hotel de 9 pisos e 80 quartos chamava-se Presidente e só depois foi rebaptizado de Hotel Central. No início da década de 1940 seria restaurado passando a ter mais alguns andares. (foto ao lado). Funcionou até ao início da década de 1960, reabriu na década de 1980 mas seria sol de pouca dura. Actualmente o edifício ainda existe - fica a meio da Av. Almeida Ribeiro - tendo sido noticiado por diversas vezes que se equaciona a sua reabertura.

Sem comentários:

Publicar um comentário