terça-feira, 24 de março de 2009

"A pátria honrai...


"A pátria honrai que a pátria vos contempla"... É esta a frase inscrita na Porta do Cerco... o lema da marinha de guerra portuguesa. *
Esta não é a origjnal Porta do Cerco construída pelos chineses, mas antes a que resultou de uma disputa militar que teve lugar em 1849. Do incidente resultou a criação de uma zona neutra, uma espécie de zona-tampão entre os dois postos fronteireiços (entre esta porta e o passaleão).
Li em várias fontes que existia na 'porta' chinesa uma inscrição em mandarim que rezava assim: "Temam a nossa grandeza e respeitem a nossa virtude". Nunca vi nenhuma imagem que o documentasse. Mas faz sentido que existisse... (terá de ficar para outro post).
A sua configuração actual remonta a 1871 quando o Governo procedeu a algumas alterações para homenagear os feitos heróicos do Governador Ferreira do Amaral (* era fuzileiro da marinha) e do Coronel Mesquita. Neste arco, estão gravadas (à direita e à esquerda) as datas do assassínio do Governador (22 de Agosto de 1849) e da Batalha do Passaleão (25 de Agosto de 1849).

Sem comentários:

Publicar um comentário