sexta-feira, 27 de março de 2009

Muralha do Chunambeiro e Fortim do Bomparto


Data do século XVII a maioria das forotificações de Macau. A cidade ficou cercada por uma muralha de taipa que começava no Patane, seguia pelo Porto Interior, Colina do Monte, Fortaleza do Monte, baluarte de S. João, Fortim de S. Jerónimo e terminando na Fortaleza de S. Francisco, no extremo norte da baía da Praia Grande. Outro troço da muralha, a sul, começava na fortaleza do Bomparto, subindo a encosta poente da colina da Penha até ao Forte de Nª Srª da Penha de França. Descia a encosta nascente e temrinava junto ao Porto Interior. As muralhas não tinham mais de 5 metros de altura, seguiam os contornos do terreno e tinham uma espessura de 3 a 4 metros terminando em degraus. Eram feitas de taipa com parapeitos de tijolos...

A fortaleza do Bomparto já estava concluída em 1622 e não se sabe a origem. Os muros assentavam nas rochas existentes na base... granito. Destinava-se a dar fogo de cobertura ao Porto Exterior e, simultaneamente, protehia o acesso ao Porto Interior. Inicialmente tinha a forma de um quadrilátero irregular, uma froma modificada posteriormente com a ampliação. Os parapeitos tinham 8 aberturas para canhões e deles partia a muralha que ligava este forte ao da Penha, no cimo da colina a poente.

Sem comentários:

Publicar um comentário