quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Hovione: desde Novembro de 1986

O governador Pinto Machado presidiu à inauguração oficial da “Hovione-Macau"- Sociedade Química Lda, cujas instalações se encontram já em laboração desde Novembro do ano passado. Construída na Ilha da Taipa, esta unidade é a última a ser inaugurada por esta sociedade que se dedica à produção de matéria-prima para o mercado farmacêutico internacional. 

A primeira fábrica surgiu em Portugal em 1959, à qual sucederam, sucessivamente, a partir de 1979, a "Hovione-Hong Kong”, "Hovione-Japan”, "Hovione-Switzerland” e finalmente a "Hovione-Macau". Ocupando uma área de 650 metros quadrados e implicando um investimento de 30 milhões de patacas, a Hovione-Macau foi erguida em “tempo recorde” e encontra-se actualmente a produzir matéria-prima destinada essencialmente a Portugal, mas os seus responsáveis esperam poder, em breve, conquistar novos mercados, nomeadamente os Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália, para o que aguardam a necessária licença passada pela “Food and Drug Administration” cujos delegados deverão, em breve, visitar as instalações daquela unidade industrial. 
A Hovione-Macau foi construída nas antigas instalações da fábrica de panchões Him Un Iec Kei Chan
Discursando no acto inaugural, após ter usado da palavra o presidente da Hovione, Ivan Villax, o Governador Pinto Machado disse que aquela unidade industrial constitui “um exemplo daquilo que urge fazer em Macauexplicando que “para lá de modernizar as industrias tradicionais é imperativo a introdução de novas indústrias com tecnologias intermediarias e até avançadas que originem produtos para a exportação para os grandes mercados internacionais”. Aludindo ao facto desta inauguração se realizar numa ocasião em se aproxima a assinatura do Acordo Luso-Chinês, o governador de Macau afirmou considerar “esta coincidência como um sinal, bem expressivo de confiança” no futuro de Macau, até porque, acrescentou, “esta própria empresa significa uma cooperação em que intervêm Portugal, Macau e a Republica Popular da China”.

In “Jornal de Macau” e “Tribuna de Macau” 12.3.1987
PS: Actualmente a Hovione também está presente na China continental, EUA e Irlanda.

Sem comentários:

Publicar um comentário