domingo, 18 de maio de 2014

Cavaco Silva: a visita de 1987


(...) "Cavaco Silva é um dos raros políticos europeus no activo que se encontrou com Deng Xiaoping, o "arquiteto-chefe das reformas" que transformaram a China na segunda economia mundial. O encontro ocorreu em Abril de 1987, quando o então primeiro-ministro português assinou em Pequim a Declaração Conjunta sobre Macau.
Presidente da Comissão Militar Central, Deng Xiaoping tinha mais poder do que o homólogo de Cavaco Silva, Zhao Ziyang, e do que o próprio secretário-geral do Partido Comunista Chinês, Hu Yaobang. Sob a sua liderança, a República Popular da China abriu-se à iniciativa privada e ao investimento.
"Era visível que ele era o homem forte da hierarquia chinesa", recordaria mais tarde Cavaco Silva. "Na sua pequena estatura, vestido de cinzento à Mao, sobressaía um olhar vivo e astuto e um sorriso malandro". Deng já tinha 83 anos, mas "o raciocínio era fluído e claro e evidenciava uma convicção própria de um jovem politico", escreveu o Presidente português na sua "Autobiografia Política" (2002)."
in Ponto Final
Cavaco Silva visitou Macau quando era primeiro-ministro, no tempo do governador Pinto Machado (1930-2011) que governou Macau por pouco mais de 12 meses, entre 1986 e 1987, altura em que terminaram as negociações sobre a Declaração Conjunta Luso-Chinesa sobre a Questão de Macau, documento que definiu, entre outros assuntos, a data da transição de Macau para a China.

Sem comentários:

Publicar um comentário