sexta-feira, 13 de abril de 2012

Jovens macaenses à procura das raízes


Está a decorrer em Macau o II Encontro da Comunidade Juvenil Macaense. No dia 14 de Abril, o Instituto Internacional de Macau recebe os participantes  numa sessão  onde será apresentada a instituição aos jovens macaenses da diáspora e onde serão divulgadas as mais recentes edições do IIM. Um dos livros intitula-se mesmo “Filhos da Terra – A Comunidade Macaense, Ontem e Hoje”, de Alexandra Sofia Rangel. Reproduz a dissertação de mestrado sobre os “filhos da terra”, descendentes de várias gerações de cruzamentos de portugueses com orientais, resultando desta miscigenação uma comunidade com características próprias. Aborda aspectos como a culinária, o dialecto (patuá) e as festividades tradicionais resultantes da base cultural portuguesa e das influências recebidas dos países asiáticos vizinhos do território com mais de 400 anos de presença portuguesa.

Nota: o livro "Macau 1937-1945: os anos da guerra" será apresentado em Macau no âmbito das comemorações do 10 de Junho, 'Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas'. (detalhes a confirmar)

Sem comentários:

Publicar um comentário