quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Le Dragon Blessé / The Wounded Dragon


"Le Dragon Blessé: Impressions de voyage en Extrême-Orient" é um livro de 1936 da autoria de Francis de Croisset (1877-1937), um belga naturalizado francês que visitou a China, o Japão e Macau em 1934.
O livro teve uma edição em inglês com o título The Wounded Dragon. Neste relato de viagem o autor regista as suas impressões sobre uma viagem ao Oriente tendo visitado, entre outras, as cidades de Cantão, Nankin, Shangai, Pequim, Japão e Macau.
Do índice fazem parte: "Canton - Macao - Shanghai - Nankin - Impressions de Mandchukuo - Hsin King - Traversee du Japon". 
Macau é descrito pelo autor como "Un Monte-Carlo d'Extrême-Orient" e "la Babylone de tous les plaisirs". Ao todo são dedicadas 10 páginas ao território sobre uma estadia de fim de semana "Macau en effet, m'enchante. Ces't une ahurissante et charmante petite ville", confessa o autor que não deixa de registar que "tout le monde joue a Macao". O jogo e as diversões nocturnas encantam Francis que uma noite fica até às 6 da manhã num salão de diversões a ouvir uma banda de filipinos a tocar blues...Francis diz que a sua cicerone no território foi uma macaense de apelido Fonseca, professora que falava quatro línguas.

Sem comentários:

Publicar um comentário