sábado, 29 de dezembro de 2018

Imagem rara de uma 'versão' do edifício do Senado

O Leal Senado foi fundado em 1582-83 por uma assembleia de moradores convocada por iniciativa de D. Melchior Carneiro, e que escolheu para sua administração a forma senatorial baseada nas franquias municipais outorgadas pelo Rei a algumas cidades em Portugal.
Por volta de 1584 foi adoptado o nome de “Senado da Câmara" composto por dois juízes ordinários, três vereadores e um procurador da cidade, todos escolhidos anualmente por eleição popular.
Em Abril de 1586, o Vice-Rei da Índia (D. Duarte de Meneses) autorizou o Conselho Municipal de Macau a eleger os seus oficiais por um triénio, mantendo a composição original e sendo o procurador da cidade representante da mesma junto das autoridades chinesas.
Antes deste edifício de finais do século 18 só se conhece a versão que vem no livro Ou-Mun Kei-Lèok 澳門記略 (Monografia de Macau), a obra mais antiga em chinês publicada sobre Macau, em 1751.
A construção original do edifício da imagem acima é de 1784 - clicar para ver em tamanho maior - num local onde antes as funções do Senado eram desempenhadas. Sofreu grandes obras de reconstrução em 1876 ficando com a fisionomia abaixo representada numa imagem do final do século XIX.
Na fachada ao longo dos tempos foi desaparecendo a 'pedra' com o símbolo da monarquia; depois o símbolo de Macau (os anjos); e finalmente, em 1999, a própria designação Leal Senado deu lugar ao IACM- Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais.

Década 1920/30

O edifício viria a ter novamente obras de remodelação profunda na década de 1940 ('perdeu' o telhado) passando a assumir a fachada e aspectos que ainda hoje se mantêm (séc. XXI).
1938
Década 1980
Século XXI


Sem comentários:

Publicar um comentário