quarta-feira, 20 de junho de 2018

Polícia Militar: história resumida

A Polícia Militar é a corporação que exerce o poder de polícia no âmbito interno das forças armadas tendo sido criadas na década de 1950. Em Portugal cada um dos ramos das Forças Armadas Portuguesas dispõe da sua própria polícia militar: Polícia do Exército (PE) - até 1975, chamada "Polícia Militar (PM)" -, no Exército PortuguêsPolícia Aérea (PA), na Força Aérea Portuguesa; Polícia Naval (PN), na Marinha Portuguesa.

Entre 1962 e 1975 (com a extinção do CTIM) existiram 8 unidades da PM em Macau num total de 435 militares. No transporte de e para Macau usaram navios como o "Timor" e o "Niassa", entre outros. O último pelotão foi e regressou por via aérea. Entre outras funções, asseguravam a guarda do Palácio do Governo. Foram mobilizados em média por tempos superiores aos habituais dois anos de comissão de serviço.
Dezembro 1962: desfile junto ao Palácio do Governo
Pelotão de Polícia Militar 38 - 17 Julho 1962 a 23 Outubro 1964: total de 41 militares durante 739 dias; tinha como mascote, o “Átila”, um cão de raça Pastor-alemão. Todos os elementos do PPM 38 foram distinguidos com a Medalha Comemorativa da Expedição a Macau, de acordo com o despacho ministerial de 2 de Abril de 1963.
Pelotão de Polícia Militar 932 - 5 Agosto 1964 a 22 Junho 1966.
Pelotão de Polícia Militar 1084 - 12 Abril 1966 a 27 Julho 1968.
Pelotão de Polícia Militar 2027 - 16 Abril 1968 a 19 Setembro 1970.
Companhia de Polícia Militar 2428 - 12 Agosto 1968 a 3 Fevereiro 1971.
Pelotão de Polícia Militar 2228 - 4 Junho 1970 a 16 Outubro 1972.
Pelotão de Polícia Militar 3124 - 2 Julho 1972 a 5 Julho 1974.
Pelotão de Polícia Militar 8275 - 28 Maio 1974 a 3 Outubro 1975.



 Frente ao Palácio do Governo
Na Estrada de S. Francisco

Sem comentários:

Enviar um comentário