quarta-feira, 25 de abril de 2018

As eleições de 1975

As primeiras eleições após o 25 de Abril de 1974 - as primeiras por sufrágio universal -  aconteceram exactamente um ano depois tendo concorrido 14 partidos e coligações. No final o PS venceu tendo obtido 37,87% e 116 deputados, seguindo-se o PPD com 26,39% e 81 deputados; em terceiro, ficou o PCP com 12,46% e 30 deputados e em quarto o CDS, com 7,61% e 16 deputados. Último partido a eleger deputados, o MDP-CDE conseguiu cinco, com 4,14%.
Fora do Parlamento ficaram a FSP (cisão do PS), o MES, a UDP, a FEC, o PPM, o PUP e a LCI.
Um caso especial neste acto eleitoral ocorreu em Macau onde a ADIM - Associação para a Defesa dos Interesses de Macau, a votos só no território, elegeu um deputado (1622 - 0,03%) que ficou ligado ao CDS. Outro dos concorrentes em Macau foi o CDM - Centro Democrático Unitário.
Num total de 6 231 372 de inscritos nos cadernos eleitorais de Portugal votaram 5 711 829 (8.34% de abstenção) tendo eleito 250 deputados para o parlamento.
De acordo com a CNE a ADIM era uma associação política de cariz conservador, fundada por Senna Fernandes, que tinha como principal opositor político o Centro Democrático de Macau (CDM). Na eleição para a Assembleia Constituinte de 1975 consegue eleger um deputado, Diamantino de Oliveira Ferreira, pelo círculo eleitoral de Macau.
Terminal Marítimo do Porto Exterior na década de 1970


Sem comentários:

Publicar um comentário