domingo, 6 de setembro de 2020

Companhia de Electricidade de Macau: desde 1972

A Companhia de Electricidade de Macau (CEM) iniciou o serviço de produção, transporte distribuição e venda de energia eléctrica a Macau em 1972 (ainda em vigor), após o fim do contrato de concessão com a Macao Electric Lighting Company Ltd (MELCO) que tinha começado em 1906.
O capital social inicial foi de 20 milhões de patacas (de acordo como Boletim Oficial de 20.5.1972) e não 30 milhões como surge neste documento - num total de 200 mil acções no valor de 100 patacas cada. Estas acções foram integralmente subscritas mas o capital foi apenas realizado em apenas 40% pelo que pouco tempo depois - já previsto quando a Sociedade Anónima foi constituída a 10 de Maio de 1972 - foi feita uma subscrição pública para venda de 30 mil acções (imagens deste post).
Do grupo de primeiros accionistas fizeram parte:
STDM - 6 milhões de patacas
Governo de Macau - 3,1 milhões
Leal Senado - 2,3 milhões
BNU - 2,1 milhões
Yat Yuen (Canidromo) - 1 milhão
Soc. Pelota Basca - 1 milhão
Wo On - 1 milhão
Banco Tai Fung - 300 mil patacas
Câmara Municipal das Ilhas - 100 mil 
Caixa Económica Postal - 100 mil 

Sem comentários:

Publicar um comentário