terça-feira, 14 de abril de 2015

Hotel Estoril transformado em complexo de artes

O Governo tem planos para colocar em marcha uma transformação na zona do Tap Seac, que passará a ser um “complexo de artes”, anunciou ontem Alexis Tam. O “novo plano global” inclui a reforma do antigo Hotel Estoril que se vai tornar num “centro de formação artística”, revelou o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura aos deputados. (...) A ideia base é a de “transformar aquele espaço num complexo com elementos de arte, indústrias criativas, educativas, culturais e recreativas e de lazer, estando também incluído o Conservatório de Macau”, adiantou. (...)
As instalações da Piscina Municipal do Estoril e do antigo Hotel Estoril estavam à espera de plano há vários anos. O hotel, construído na década de 60 e onde Stanley Ho iniciou a sua concessão de jogo, encontra-se encerrado desde os anos 90. A Escola Portuguesa era uma das candidatas a ocupar estas instalações na praça do Tap Seac.
O hotel Estoril foi, até à abertura do hotel Lisboa, em 1970, a grande atracção de Macau. “Para além do jogo, este espaço – um hotel de primeira categoria -, era conhecido pelo excelente restaurante e a banda de música permanente. As festas de casamento das famílias mais ricas tinham aqui lugar, bem como as festas ligadas a datas como a passagem de ano, Natal, Carnaval e Ano Novo Chinês”, lê-se no blogue Macau Antigo sobre este hotel que é um exemplo de arquitectura modernista no território.
in jornal Ponto Final 14.04.2015
Hotel Estoril em 1968. Foto de AJMNSilva

Actualmente...

Sem comentários:

Publicar um comentário