terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Alberto Carlos Paes d’Assumpção (1942-2015)

Alberto Carlos Paes d’Assumpção, mais conhecido como Acaio, morreu esta semana no Brasil onde foi presidente da Casa de Macau no Rio de Janeiro.
Era o filho mais novo de João Corrêa Paes d’Assumpção e Epifânia Assam Paes d’Assumpção. Numa entrevista ao JTM recordou que “foi com a minha mãe que aprendi a arte de cozinhar, pois naquela época em Macau, após a guerra, a minha mãe incentivou-nos a mim e aos outros sete irmãos a aprender um pouco de tudo, pois como ela dizia nunca se sabe o que será o dia de amanhã”.
O gosto pela gastronomia macaense foi-lhe ainda passado pela tia Anita d’ Assumpção. Foi com ela que “devido à minha vontade e ao interesse em aprender, aprendi o “pulo do gato” de vários pratos macaenses".
Segundo Henrique Manhão, "toda a família era dedicada ao desporto. Durante a sua juventude Acaio foi excelente praticante de “Karate”, tendo chegado a ser cinturão negro, enquanto os seus irmãos António e José eram bons jogadores de futebol, com presenças habituais na selecção de Macau"
Nascido a 3 de Setembro de 1942 em Macau, Acaio concluiu 5 º Ano do Curso Industrial no Colégio Dom Bosco em 1963 e um ano depois torna-se amigo e aluno de Lau Kim Keong, Mestre em Medicina Tradicional chinesa. Em 1966 ganha o concurso para escriturário de 1ª Classe da Inspecção do Comércio Bancário de Macau. Por intermédio de Lau Kim Keong é apresentado ao mestre Lei Lau que praticava alem de On Mó a especialidade denominada Tit Tá. Ao mesmo tempo, começa a treinar Karate-Do no estilo Seigokan. Ainda em Macau, no final da década de 1960 começou a tratar pequenos problemas de entorses e de coluna. Em 1970 graduou-se Faixa Preta 1º Dan e no ano seguinte emigrou para o Brasil (Rio de Janeiro) onde trabalhou como desenhador projectista e foi professor de Seigokan Karate-do e instrutor de Karate. Em 1977 fundou a Federação de Karate-Do do Estado do Rio de Janeiro. Em 1980 regressou a Macau para aperfeiçoamento das Técnicas de On Mó e Tit Tá. No capítulo das terapêuticas tradicionais foi mestre reconhecido, tendo escrito um livro intitulado “O Método Acaio".

Sem comentários:

Publicar um comentário