terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Cartas de Wenceslau de Moraes I

"Muito desejoso de satisfazer o teu apetite, confesso-te no entanto que a coisa é difficil: os bilhetes que mando á Chica foram comprados no Japão, estão a acabar, e em Macau não se encontram; com respeito a papel japonez, tambem o melhor foi adquirido no Japão; em Macau ha algum, mas não agora, pois todas as lojas de quinquilharias se fecharam, em consequencia da peste que aqui está reinando, como deves saber pelos jornaes.
Chegou isto a tal ponto, que é já um problema difficil o saber-se onde se ha-de ir comprar um kilo de batatas; Macau está quasi deserto. Voltando ao assumpto, para te ser agradavel tanto quanto possivel, faço um volume de algum papel que reservava para mim, junto-lhe um resto de bilhetinhos, e mando-te tudo como amostra registada. Ficas contente?"
Excerto de uma carta endereçada a sua irmã Emília Regina Perpétua de Moraes (?-1905), enviada de Macau e datada de 04 de Junho de 1895. A fotografia é de 1929, provavelmente, a última de Wenceslau de Moraes.

Sem comentários:

Publicar um comentário