sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Rua Madre Terezina

Num dos vários surtos de cólera que atingiram Macau no final do século XIX, distinguiram-se, entre outros, pela sua abnegada entrega, as madres canossianas Teresina (Maria Teresa Lucian) e Joana Biancardi. Ambas foram condecoradas pelo governo de Macau a 30 de Julho de 1897.
De nacionalidade italiana, Maria Teresa Lucian (1845 -1909) foi para Macau em 1869 onde fundou o convento das irmãs canossianas sendo nomeada em 1878 superiora da nova Casa de Beneficência, no Largo de Camões (demolida em 1981). Em 1896, foi eleita superiora da Comunidade Canossiana de Macau (quando esta se separou da de Hong Kong).  De acordo com Monsenhor Manuel Teixeira  ao receber a medalha de prata em 1907, a Madre Lucian teria comentado «Se em vez duma medalha, me dessem um hábito novo, ser-me-ia mais útil». Terá baptizado mais de 15 000 crianças.
A rua com seu nome em Macau começa na Av. Coronel Mesquita e termina na Estrada de Fernão Mendes Pinto, atravessando a Avenida Horta e Costa.
Edifícios demolidos em 2015 na Rua da Madre Terezina

Sem comentários:

Publicar um comentário