quinta-feira, 7 de julho de 2016

Reconhecimento provisório do cônsul britânico: 1941

Tendo por base um parecer do Governador de Macau a 15 Julho de 1941, o director geral da administração política e civil (Portugal) envia um despacho (imagem ao lado) para o director geral dos negócios políticos.
No despacho informa informa que o Governador de Macau lhe tinha enviado um telegrama indicando como "não sendo inconveniente" reconhecer "provisoriamente" como cônsul da Grã-Bretanha em Macau o senhor John Reeves.
Na verdade, Reeves já estava no território há algum tempo e teria, a par de outros, um papel fundamental no apoio aos milhares de refugiados que afluíram a Macau entre 1937 e 1945, um dos períodos mais negros da história de Macau, assolada de forma indirecta pelas guerras sino-japonesa e guerra do pacífico.

Sem comentários:

Publicar um comentário