segunda-feira, 25 de julho de 2016

Morreu Artur Correia, o "ruço"

Artur Correia, antiga glória do futebol português na década de 70, e antigo residente em Macau, morreu esta semana em Portugal. Tinha 66 anos.
Antigo lateral-direito de Benfica, Sporting e da Selecção Nacional (1972-1979), Artur Correia era conhecido no mundo do futebol pela alcunha de "Ruço" tendo somado um total de 35 internacionalizações pela selecção A de Portugal. Vestia a camisola como número 2 e marcou um golo de quinas ao peito.
Começou a jogar no Futebol Benfica, passando depois para o Benfica, onde terminou a formação. No início da carreira sénior, seguiu o sonho da medicina e mudou-se para Coimbra onde jogou três épocas na Académica. Regressou depois à Luz para ganhar cinco campeonatos em seis anos pelo clube de que era sócio desde que nasceu. 

Em 1977 mudou-se para o rival Sporting, depois de recusar um corte salarial no Benfica, e em Alvalade ganharia mais um campeonato, em 1979/80, numa época em que se dividiu entre Portugal e os Estados Unidos, onde teve uma aventura ao serviço do New England Tea Men. Em Setembro de 1980 viu a carreira terminar precocemente, na sequência de um acidente cardiovascular. 
Foi depois desta fase que rumou a Macau. Era eu ainda adolescente e "cruzei-me' com o Artur numa das muitas equipas de futebol juvenil do território e onde ele era treinador. Não sei se pela equipa da Enfermagem se pela do Sporting, ou se pelas duas, o que eu recordo bem é dos treinos intensos no antigo campo de terra do colégio D. Bosco (muito perto do edifício Hoi Fu). Em termos pessoais recordo uma pessoa exigente mas justa e com uma paixão enorme pelo futebol.

 Depois de uma primeira ida a Macau em 1970, a equipa do Sport Lisboa e Benfica voltaria a Macau em 1973. Da comitiva fez parte Artur Correia  - na imagem em cima ao lado de Eusébio que cumprimento o Gov. Nobre de Carvalho.

Shéu, Artur Correia, Simões, Nené, Eusébio, Adolfo, Toni, Artur Jorge, Rui Rodrigues, Humberto Coelho, José Henrique foi o 11 do Benfica em Macau em Fevereiro de 1973.
De acordo com os registos da época, em Hong Kong o SLB derrotou a selecção do território por 11-0, a selecção dos Estrangeiros por 3-1 e a selecção chinesa por 5-1. Em Macau jogou a 11 de Fevereiro no campo desportivo 28 de Maio (Canídromo) contra uma equipa constituída por jogadores de Macau e Hong Kong que seriam derrotados por 11-0.

Sem comentários:

Publicar um comentário