sexta-feira, 13 de maio de 2016

"Fátima" em Macau


Igreja de Nossa Senhora das Dores em Ka-Hó (final década 1960)
O crucifixo de bronze sobre a porta é do escultor italiano Francisco Messima. Oseo Acconci, outro escultor italiano, foi o autor do projecto desta igreja inaugurada em 1966.
Estátua de N. Sra. de Fátima no antigo destacamento militar de Mong Ha
“Desde o dia 13 de Novembro está exposta à adoração dos fiéis, no Aquartelamento de Mong Há, uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, que foi confiada pelo Bispo de Leiria ao Destacamento Expedicionário quando da partida da Força Expedicionária para Macau. Cavada na rocha, uma gruta de aspecto propositadamente rude, concebida pelo talento artístico de Osseo Acconci, serve como de engaste para um pequeno retábulo, donde emerge a Imagem na sua esplêndida beleza. Uma pequena grade de bronze, a meia altura, e alguns lavrados junto ao tecto, onde se distingue o emblema da Artilharia, dão com a sua singeleza um timbre branco de boas-vindas a quem se aproxima. Num dístico à porta lê-se: "Portugal, terra de Fé" e, à esquerda, um lampadário sempre acesso que foi oferecido pelo Bispo de Macau, D. João de Deus Ramalho, simboliza a crença viva de quantos militares vivem naquele quartel, onde se encontram quatro unidades expedicionárias de Artilharia e Infantaria. A inauguração da gruta que se deu a 13 de Novembro, teve a assistência de Governo, das restantes autoridades e de todas as pessoas qualificadas da Colónia além de muito povo.
in revista Mosaico em 1950
Nota: a imagem foi coroada a 14 de Agosto de 1951, pelo Bispo de Macau, D. João de Deus Ramalho.
Num território com profundas raízes católicas, são muitas as marcas de Fátima em Macau. Uma das 7 freguesias, simples divisão administrativa denomina-se Nossa Senhora de Fátima e fica no extremo-norte da Península. Dá também o nome a uma das 6 paróquias do território. A igreja com o mesmo nome fica no Bairro Tamagnini Barbosa. Foi primeiro construída em 1929 (com o bairro) e reconstruída em 1967
A procissão a 13 de Maio é também uma das tradições mais enraízadas na comunidade católica de Macau.
A procissão N.Senhora de Fátima (imagem ao lado em 1955) percorre as ruas de Macau, desde a Igreja de S. Domingos até à Igreja da Penha.

Sem comentários:

Publicar um comentário