domingo, 7 de julho de 2019

Exposição Universal de Paris: 1889

Em 1889 - há 130 anos - os franceses comemoravam o primeiro centenário de Revolução e Paris prepara-se para brilhar como nunca, recebendo a Exposição Universal. 

A Torre Eiffel foi construída para servir de forma efémera como porta de entrada para o evento mas acabaria por sobreviver até hoje tendo-se transformado num símbolo da cidade e de França.
Relatos da época falam de uma cerimónia de inauguração discreta no cimo de uma torre que ultrapassava os 300 metros de altura (324), a edificação humana mais alta à face da Terra. Eram 14h40 de 31 de Março de 1889. 
Entre os cerca de cem convidados apenas uma vintena conseguiram subir os 1665 degraus – a maioria foi ficando pelo caminho – e no final viram Gustave Eiffel (1832-1923) içar uma bandeira francesa. Seguiram-se os foguetes, a salva de 21 tiros, discursos e, claro, champanhe. 
Macau seria integrada na representação de Portugal  - imagens do Pavilhão português neste post - que se pode ver nestas imagens onde também se inclui um "pavillon chinois".
Em 1900, Paris voltaria a receber uma exposição universal...
O Pavilhão chinês na Exposição Universal de Paris em 1889

Sem comentários:

Publicar um comentário