quarta-feira, 10 de agosto de 2016

"Uma pataca em moeda corrente"


O thesoureiro da agência em Macau pagará a vista ao portador uma pataca em moeda corrente. Valor recebido. Lisboa 1 de Janeiro de 1912.


Criado em 1864 em Portugal como banco emissor para as colónias portuguesas, o Banco Nacional Ultramarino exerceu também funções de Banco de Fomento e Comercial no país e no estrangeiro.
A 30 de Novembro de 1901 foi assinado um acordo entre o Governo português e o Banco Nacional Ultramarino, que levou à criação da Filial de Macau, inaugurada a 8 de Agosto de 1902. O Governo de Macau autorizou o BNU a emitir notas de curso legal, denominadas em Patacas, através de um decreto de 20.2.1902.
Este exemplar pertence à primeira emissão do BNU de Macau, a chamada emissão Antiga Simples. Foram estampadas em Londres, na casa impressora “Barclay & Fry, Ltd”. Entraram em circulação a 19 de Janeiro de 1906 e tinham os valores de 1, 5, 10, 20, 50 e 100 patacas. Incluíam as assinaturas impressas do Governador e Vice-Governador do BNU e manuscritas do Gerente da Filial de Macau. O papel utilizado era de fraca qualidade e só as de 100 patacas apresentavam marca de água.
A série começou no nº 100.000. Esta tem o nº 258,844
Entre 1910 e 1916 o gerente do BNU de Macau foi Artur Drouhin

Sem comentários:

Publicar um comentário