quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Mais edifícios como património cultural

O Instituto Cultural de Macau apresentou esta semana o primeiro grupo de 10 bens imóveis propostos para entrada na lista do Património Cultural do território, prevendo que todo o processo de classificação esteja concluído até ao final de 2016. A lista inclui cinco edifícios de características chinesas e cinco de origem ocidental ou portuguesa. 
A saber:
Quatro templos (Bairro da Horta da Mitra, Rua do Teatro, Rua do Patane e Rua Almirante Sérgio); Três troços das antigas muralhas da cidade (troço próximo da Estrada de S. Francisco, Estrada do Visconde de São Januário e Igreja da Penha); Edifício nº 28 na Rua Manuel de Arriaga (na imagem); Farmácia Chong Sai; Residência do General Ye Ting, Antigo Estábulo Municipal de Gado Bovino; Canil Municipal; Casa Azul (sede do Instituto de Acção Social na imagem).Da lista actual do Património Cultural fazem parte 128 edifícios e monumentos.

Sem comentários:

Publicar um comentário