sexta-feira, 2 de abril de 2021

O canhão Armstrong

"(...) Muito mais apropriado é o nome de S Januario dado ao hospital de Macau, formosa construcção * (...) que foi ideia do Conde de S. Januario executada pelo major Carvalho que estando em serviço de guarnição na provincia de Macau e Timor recebeu ordem militar para proceder á construcção nas circumstancias curiosas de terem os technicos opinado ser inexequivel a edificação n'aquelle local pelo governador escolhido. O illustre conde contrariado com a errada opinião dos engenheiros da provincia encarregou Dias de Carvalho da execução do seu plano de construcção do hospital lembrando-se que elle resolvêra pouco tempo antes uma difficuldade importante qual fòra a do desembarque e collocação d um enorme canhão Armstrong** que os residentes de Macau tinham offerecido ao governo e que chegado á rada não havia meio de o pôr em terra firme. Depois de infructiferas tentativas o governador que ouvira fallar da habilidade de Carvalho mandou-o chamar e impoz-lhe a obrigação de desembarcar o canhão e colloca-lo no fortim de S. Francisco.
Parecia impossivel fazer-se tal porque a lorcha onde o canhão se achava não se podia approximar junto da muralha da Praia Grande por não lho permittir o assoriamento do lodo e o peso do bronze era tal que posto em jangada ou em sampana - gondola chineza de fundo chato - enterrar-se-hia nos lodos. Carvalho porém imaginou um andaime de bambu desde a muralha do fortim até á lorcha e lançando um formigueiro de chinezes - o chinez pesa como uma andorinha mas tem a força de carga d'um gallego - que iam trepando, enroscando-se e deslisando pelos troncos dos bambus e conseguiu em poucas horas com formigas e cannas arrastar suspenso sobre um abysmo o monumental canhão Armstrong. (...)
In Revista Illustrada, 13.10.1890
* inaugurado em 1874.
** Os canhões Armstrong foram os mais utilizados em navios de guerra de quase todo o mundo durante a segunda metade do século XIX. Foram criados pelo britânico William George Armstrong ficando o apelido associado aos canhões de carregamento pela culatra, através do sistema La Hitte. Foram fabricados na Inglaterra a partir de 1855 pela Elswick Ordnance Company e pela Royal Arsenal de Woolwich.

Sem comentários:

Publicar um comentário