quinta-feira, 28 de junho de 2018

Ruínas de S. Paulo: edifícios junto à escadaria


Actualmente os 68 degraus da escadaria frente à imponente fachada da igreja Mater Dei, vulgo ruínas de S. Paulo, apresentam uma vista desafogada. Mas nem sempre foi assim. Até ao incêndio de 1835, que destruiu a igreja e o convento de S. Paulo, o lado direito das escadas era ocupado por algumas edificações. Veja-se acima a prova num desenho de George Chinnery (viveu em Macau entre 1825 e 1852) comparado com uma fotografia já do século XXI.

Depois do incêndio foram feitas novas edificações como prova, por exemplo, a fotografia de John Thomson, por volta de 1870 (imagem acima). Essas construções foram tendo várias versões - a da imagem desapareceu após o tufão de 1874 (imagem abaixo) até ao final da década de 1950, altura em que todos os edifícios foram demolidos, sendo 'aberta' do lado direito da escadaria uma nova rua denominada Calçada de S. Paulo.
Destruição após o tufão de 1874
Postal 'colorido' do final do século XIX já produzido depois do violento incêndio de 1835 que destruiu a igreja Mater Dei - ficou apenas a fachada - e o Convento de S. Paulo.
Final século XIX


ca. 1900
ca. 1910
1930's 
1940's
 1970's
1960's

Sem comentários:

Publicar um comentário